sexta-feira, 2 de outubro de 2009

"Uma garotinha complicada...uma adolescente incontrolavel...uma mulher em construção."

Uma garotinha incontrolavél.... Existe dentro de nós uma menina rebelde e sonhadora,que sabe que a vida não tem preço e que o mundo não para e o destino simplesmente chega, você vive e pronto...Acabou mais um dia...A garotinha que anda pra direita → pra esquerda ← para cima ↑ para baixo ↓, ela faz todos os caminhos, mas nunca sabe qual é o certo...

Uma adolescente complicada...Para que se preocupar com hoje se o hoje se acaba amanhã??? Porque quero caramelo, penso no doce, mas, acabo comprando chocolate??? e daí se não sou boa??? tem duvidas que sou perfeita???Se falo estou errada... se me calo(quem cala consente)pioro ainda mais as coisas???"...Me diz porque o céu é azul"(Legião Urbana)..."...Eu vejo um filme em pausas,eu imagino casas,depois eu nem lembro o que desenhei..."(Danny Carlos)..."Quem sabe ainda sou uma garotinha?"(Cassia Eller).Sou melhor do que αs pessoas pensαm,pior do que elαs imαginαm, αs críticαs não me αbαlαm,os elogios não me iludem, sou o que sou não o que fαlαm,vivo o presente, espero o futuro e sincerαmente??dαne-se o pαssαdo...

Uma mulher em construção...De repente você abre os olhos, e tudo mudou. Cadê aquela menina, que vivia sonhando alto???Tropeçando nos próprios conceitos???No estalo de dedos:"A princesinha não nasceu para ficar no castelo,e sim para enfrentar a realidade da vida"...

O mundo não é todo seu, apenas o que você vai conquistar daqui pra frente...

sábado, 12 de setembro de 2009

Não reclame! Sorria!

Me dê 1 motivo para chorar e eu te darei 20 para sorrir. Quantas vezes você acordou sem reclamar por estar muito cedo? Ou por estar atrasado para o trabalho? Ou por simplesmente não conseguir mais acordar tarde? As pessoas não sabem mais acordar olhar para o céu e sorrir mesmo com o céu estando escuro e com cara de chuva. Depois de sair dos dias tristes de minha vida, comecei a ver graça e felicidade em tudo! Acordo e logo abro a janela, (infelizmente tenho que dormir de janela fechada pois não posso pegar sereno, mas se pudesse dormiria com ela aberta olhando as estrelas até pegar no sono), vejo como está o dia, se estiver claro eu dou um sorriso e agradeço a Deus por mais um dia lindo de sol, um dia que vou poder caminhar e apreciar a natureza, se for um dia escuro eu dou um sorriso e agradeço a Deus por mais um dia de chuva que vou poder ler, escrever e pensar na minha vida, estabelecer metas, sonhar. Um dia de chuva no final das contas não é ruim, para mim é um dia de reflexão.
Acordar já irritado, preocupado, reclamando, faz mal para o coração, para a pele e para a alma. Não deixe que coisas fúteis acabem com o seu dia, até porque você pode dar uma resposta atravessada para alguém que apenas queria te desejar um bom dia e essa pessoa com certeza não vai mais querer te cumprimentar quando te ver. As vezes um simples sorriso ou um abraço alegra o dia de uma pessoa que precisava apenas disso. A música do Nelly, N Day Say fala sobre isso:

"Eu estava no posto de gasolina quando um homem passou
Com um sinal trabalhará por comida, roupas ou dinheiro
E ele perguntou se podia encher meu tanque e eu deixei
Limpar o pára-brisa e jogar fora o lixo e eu deixei
Ei, eu ainda perguntei pro irmão qual era o nome dele
De onde ele era, se tinha filhos, cara, e qual a idade deles
Ele meio que ficou olhando por um segundo,
Ele parecia meio surpreso por alguém ter algum interesse na vida dele
Ele disse "irmãozinho, as únicas palavras que ouvi no ano
passado foram 'não' e 'cai fora daqui'"
Como algo tão simples como uma simples conversa
Pode significar mais do que uma simples conversa?
Ei, você poderia dizer que a vida tinha o derrubado
Como se ele estivesse lutando pelo título
e esse fosse o último assalto (round de luta)
Às vezes não damos valor às coisas mais fáceis
Até elas acabarem e percebemos que nós tínhamos
De verdade"

As vezes algo que pra você não é nada para outra pessoa pode ser muito, já escutou o ditado "O que é lixo pra você pode ser ouro para alguém"? É disso que estou falando. Sabe aquelas pessoas que passam por você te desejam bom dia e você nem sabe quem é e simplesmente não responde? Essa pessoa com certeza sabe bem o significado de fazer o dia de alguém melhor, mesmo você não respondendo, o ato dessa pessoa mexe com você e você pensa que isso é algo tão bom, alguém muito feliz passou ao seu lado e deixou essa energia com você e você simplesmente estampa um sorriso no rosto, pronto! Melhorou o seu dia, um simples "bom dia" melhorou o seu dia! Entende agora o que eu digo ;) ?

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Estava olhando os blogs que costumo ler durante a semana e encontrei um texto super interessante no www.cogumelolouco.com falando sobre a demora das mulheres em banheiro publico.

Espero que gostem

O verdadeiro segredo das mulheres no banheiro

Revelamos a origem da demora das mulheres no banheiro, numa tocante história contada por uma mulher.

O grande segredo de todas as mulheres com relação aos banheiros é que quando pequenas, quem as levava ao banheiro era sua mãe. Ela ensinava a limpar o assento com papel higiênico e cuidadosamente colocava tiras de papel no perímetro do vaso e instruía:

“Nunca, nunca sente em um banheiro público”

E, em seguida, mostrava “a posição”, que consiste em se equilibrar sobre o vaso numa posição de sentar sem que, no entanto, o corpo não entre em contato com o vaso. “A Posição” é uma das primeiras lições de vida de uma menina, e irá nos acompanhar para sempre. No entanto, ainda hoje, em nossa vida adulta, “a posição” é dolorosamente difícil de manter quando a bexiga está estourando.

Quando você TEM que ir ao banheiro público, você encontra uma fila enorme de mulheres. Você se resigna e espera, sorrindo para as outras mulheres que também estão com braços e pernas cruzados na posição oficial de “estou me mijando”.

Finalmente chega a sua vez, isso, se não entrar a típica mamãe com a menina que não pode mais se segurar.
Você, então verifica cada cubículo por baixo da porta para ver se há pernas.
Todos estão ocupados.

Finalmente, um se abre. Você entra e percebe que o trinco não funciona (nunca funciona); não importa… você inspeciona a área.. o chão está cheio de líquidos não identificados e você não se atreve a deixar a bolsa ali, então você a pendura no pescoço e é quase decapitada pela alça porque a bolsa está cheia de bugigangas que você foi enfiando lá dentro.
Mas, voltando à porta…

Como não tinha trinco, a única opção é segurá-la com uma mão, enquanto, com a outra, abaixa a calcinha e se coloca “na posição”.
Alívio…… AAhhhhhh…..finalmente…
Aí é quando os teus músculos começam a tremer ….

Porque você está suspensa no ar, com as pernas flexionadas e a calcinha cortando a circulação das pernas, o braço fazendo força contra a porta e uma bolsa de 5 kg pendurada no pescoço.
Você adoraria sentar, mas não teve tempo de limpar o assento nem de cobrir o vaso com papel higiênico. No fundo, você acredita que nada vai acontecer, mas a voz de tua mãe ecoa na tua cabeça “jamais sente em um banheiro público!!!” e, assim, você mantém “a posição” com o tremor nas pernas…

Para tirar essa desgraça da cabeça, você procura o rolo de papel higiênico, maaassss, puuuuta que o pariuuuu….! O rolo está vazio…! (sempre)
Então você pede aos céus para que, nos 5kg de bugigangas que você carrega na bolsa, haja pelo menos um miserável lenço de papel. Mas, para procurar na bolsa, você tem que soltar a porta. Você pensa por um momento, mas não há opção…
E, assim que você solta a porta, alguém a empurra e você tem que freiá-la com um movimento rápido e brusco enquanto grita OCUPAAADOOOO!!!

Aí, você considera que todas as mulheres esperando lá fora ouviram o recado e você pode soltar a porta sem medo, pois ninguém tentará abrí-la novamente (nisso, as mulheres nos respeitamos muito) e você pode procurar teu lenço sem angústia. Você gostaria de usar todos, mas quão valiosos são nestes casos e você guarda um, por via das dúvidas. Você então começa a contar os segundos que faltam para você sair dali, suando porque você está vestindo o casaco já que não há gancho na porta ou cabide para pendurá-lo. Sem falar da porrada que você levou da porta, a dor na nuca pela alça da bolsa, o suor que corre da testa, as pernas salpicadas… Afinal você está exausta. Você acomoda a roupa rapidíssimo e tira a alça da bolsa por cima da cabeça!…

Você, então, vai à pia lavar as mãos. Está tudo cheio de água, então você não pode soltar a bolsa nem por um segundo. Você a pendura em um ombro, e não sabendo como funciona a torneira, você a toca até conseguir fazer sair um filete de água e estende a mão em busca de sabão. Você se lava na posição de corcunda de notre dame para não deixar a bolsa escorregar para baixo do filete de água… O secador, você nem usa. É um traste inútil, então você seca as mãos na roupa porque nem pensar usar o último lenço de papel que sobrou na bolsa para isso.
Você então sai. Sorte se um pedaço de papel higiênico não tiver grudado no sapato ou a saia levantada, presa na meia-calça, que você teve que levantar à velocidade da luz, e te deixou com a bunda à mostra!
Nesse momento, você vê o teu carinha que entrou e saiu do banheiro masculino e ainda teve tempo de sobra para ler um livro enquanto esperava por você.

“Por que você demorou tanto?”
pergunta o idiota.
Você se limita a responder
“A fila estava enorme”

E esta é a razão porque as mulheres vão ao banheiro em grupo. Por solidariedade, já que uma segura a tua bolsa, a outra a porta e assim fica muito mais simples e rápido já que você só tem que se concentrar em manter “a posição” e a dignidade.

fonte www.cogumelolouco.com

quarta-feira, 25 de março de 2009

Sorrir a cima de tudo!

A verdade é q hoje eu fiquei aqui olhando para o blog querendo dizer mil coisas, estou muito feliz, muito mesmo! Mas não sei como escrever isso. De verdade mesmo estou melhorando...
Essa noite tive insónia,não dormi... Sem motivo... As vezes me vem sentimentos ruins sem nexo, coisas que eu não tenho nada a ver... eu me lembrei daquele caso de um metalúrgico de sorocaba q foi espancado por um monte de garotos... Aquilo mexeu muito comigo, meu coração apertou... Lembrei do dia que vi o vídeo, eu tinha acabado de acordar e então um amigo me mandou o vídeo sem nenhum corte ou censura, aquilo ficou na minha cabeça semanas, fiquei me sentindo mal, e quando lembrei disso tudo fiquei me sentindo mal a noite toda. Rezei por horas.

Ando com um sorriso no rosto, os dias estão mais claros e as noites mais brilhantes, a tristeza não me procura mais, apenas a saudade está ao meu lado, saudade não trás tristeza e sim felicidades e sorrisos de boas lembranças. O vazio foi preenchido.

terça-feira, 24 de março de 2009

sábado, 21 de março de 2009

Carpe Diem

Meu coração mergulha em lágrimas e sorrisos
Não sabe se está quente ou frio
Pulsa bombeando amor
Bate em desespero esperando amor
Pula na alegria que me dá
Poucas vezes sorri
Mas quando o faz
Sente uma alegria infinita
Não vivo triste
Não vivo sorrindo
Vivo fazendo cada segundo o ultimo
Percorrendo o meu caminho
Sentindo cada sentimento
E todos os seus efeitos
Vivo o hoje, do amanhã nada sei
E se tivesse que algo te dizer hoje
E amanha morrer
Te diria
Amo-te com tudo o que tenho
E com tudo que posso
Seu amor me faz feliz
Em cada ultimo segundo da minha vida.

Cléo

O Blog

A intenção deste Blog é para que eu possa escrever o que sinto e penso, como um diário e um caderno de poesias, prometo que aqui estarei escrevendo todas as minhas emoções e sentimentos, tanto em prosa como em versos, dividir um pouco de mim com vocês.
Espero que gostem!
Beijinhos =**
Cléo