segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Por isso estou indo aí...


Fui pra cuidar de você, te proteger, te fazer sorrir, te entender, te ouvir e quando tiver cansado cantar pra você dormir.

Song...


Eu te amo calada como quem ouve uma sinfonia.

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Emo. - Seu retrato


Ontem custei a dormir tentando te esquecer, rezei pra não me sentir triste ao te ver. Não vou te falar que chorei nem confessar que eu te amei. Mesmo querendo eu não vou te pedir pra voltar...mas vou guardar o retrato que eu tirei de você, nele os teus olhos não conseguem esconder que você estava feliz. Já não vou mais me iludir, já sei que te perder é não conseguir sorrir ao pensar em você.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

I hate you!


Te odeio...de todas formas possíveis e inimagináveis, de todas as formas que uma pessoa pode odiar alguém. Me odeio mais ainda por não te tirar da cabeça, por passar dias e noites insistindo no erro. Odeio esse sentimento inconveniente que vem na hora errada. Te odeio por me proporcionar tantas sensações inexplicáveis, por me atrair de uma forma estúpida. Odeio sua risada que me faz sorrir. Odeio sua voz por ser tão linda e gostosa de ouvir. Odeio você inteiro por ser quem você é, por ter uma beleza exorbitante. Odeio seu toque. Odeio seu cheiro. Tudo em você eu odeio...simplesmente por não poder amar.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Teimosa...

"Not all people can understand the way I am. Some may hate me while some will love me. But I love the way I 'don't pretend to be someone i'm not just to impress someone."

...como nenhum outro ser vivo foi capaz de ser.
    ­Sentimental e chorona do inicio ao fim do meu viver. Confio e me apego com facilidade extrema a tudo e a todos, mesmo sem querer, mesmo sem poder.
    ­Idêntica e intensivamente diferente. Mantenho atitude e ideias singulares, impossíveis de serem modificadas ou se quer reconstruídas por tentativas alheias.
    ­Decidida; tudo o que se começa, se termina. Tudo o que não se deve terminar, jamais é começado.
    ­E por fim: defeitos e qualidades fazem parte da minha realidade. Em busca da perfeição para nunca viver em vão.

Eu não confio mais em ninguém...de novo.

sábado, 19 de fevereiro de 2011

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011


Fico quieto. Primeiro que paixão deve ser coisa discreta, calada, centrada.
Se você começa a espalhar aos sete ventos, crau, dá errado.
Isso porque ao contar a gente tem a tendência a, digamos, “embonitar” a coisa, e portanto distanciar-se dela, apaixonando-se mais pelo supor-se apaixonado do que pelo objeto da paixão propriamente dito.
Autor: (Caio Fernando de Abreu)

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Pra esquecer...


Preciso me apaixonar de novo.
Pra esquecer o que veio antes...

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Tola!

Você é idiota ou comeu merda qnd era criança? Vc tá achando o que? Que falar esse tipo de coisa vai dar em algo? Retardada! Nossa como eu tenho raiva quando você deixa "certas pessoas/sentimento" falarem por você! Pensa umpouco! Pensa! Olha o que você fez agora! Idiota! Idiota!

What I need...


E hj eu quero fazer tudo diferente.Passar por outro caminho,escutar outra música. Sonhar outro sonho, respirar outro ar. Dizer outro nome, imaginar outro alguém.
Não é que eu queira... Eu preciso...

what i like...


Cheguei a uma conclusao...gosto de sofrer...

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Relationship...

"But you're not mine."
Are you?

My mind: Não era isso que você queria? É isso que você está tendo!

Neurótica...

"By the way, I'm wearing the smile you gave me."

Não solta da minha mão!
Close your eyes and I’ll kiss you, tomorrow I’ll miss you, remember I’ll always be true

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

In my heart...


Eu não posso perguntar nada, nem dizer nada; posso esperar o tempo me mostrar o que é e o que não é... Se bem que eu já sei a resposta, pelo menos acho que sei, só não quero acreditar, meus olhos não querem ver, meu coração não vai enxergar; por mais que eu grite, fale, faça qualquer coisa para o meu sofrido coração entender ele não entende e se afoga em mentiras e ilusões...pobre coração...tolo coração...

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Você prometeu...

You promised not to cry for anyone else... Hold on!

I have to stop...


I don't want you to run away...

Scream!


Isso é errado, é errado! Garota fácil! Estupida! Boba!
Tira esses pensamentos de mim...por favor...apaga minha memória...
Tormento que não acaba mais, me consome por dentro, não deixa minha mente em paz.
Acaba comigo...
Tenho medo...
Não acredito...

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Inside me


Você tem que para com isso! - Mais um grito - Deixa de ser idiota! Garota estúpida! Você acredita? Consegue acreditar? Ah tá bom! Menina tola! - Menina? - Sim, menina e tola! Tá na hora de crescer não acha? - Quero minha vida! - Vida? Que vida? Você escolheu viver daquele jeito! Sabia o que estava fazendo e o que iria perder com isso! Escolheu ficar enfurnada em casa 7 anos. - Eu preferi acreditar que as coisas podiam dar certo. - Você é tola mesmo! Menina, tola! - Tenho 22 anos! - Anos vividos né? De cabeça eu poderia dizer uns...hum... 13? Não..talvez uns 15 vai, pra não te deprimir. - Depende do seu ponto de vista... - Homens? - ... - Silêncio diz tudo! 15 anos! - Me deixa em paz! Me deixa viver! - Você tá vivendo! Não estou tirando isso de você, você que escolheu assim, só estou aqui pra te lembrar que você é adulta e está agindo como uma adolescente... - Eu sei disso, me deixa! - Vai lá boba! É sua vida, seus erros. - É minha vida, minhas escolhas! - Você tem que parar com isso! Parar de pensar um pouco, viver mais, pensar menos, sonhar mais... - Eu to fazendo isso. - Não! Você está se enganando! Você sabe disso, quer enganar quem? - Me deixa vai! - Para de se iludir tola!

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

"SMILE. You are beautiful."

Lembra aquela frase "Por enquanto preciso segurar esta tua mão - mesmo que eu não consiga inventar teu rosto e teus olhos e tua boca." ?
Entao...já consigo inventar tudo isso agora.

All the things HE said... ♪


All the things he said
Running through my head
and I'm all mixed up, feeling cornered and rushed
They say it's my fault but I want him so much
Wanna fly him away where the sun and rain
Come in over my face, wash away all the shame
Mother looking at me tell me what do you see? Yes, I've lost my mind.
Daddy looking at me. Will I ever be free? Have I crossed the line?
I can try to pretend, I can try to forget but it's driving me mad, going out of my head!